___________ ______________ _______________ _ _ _ _ ______
____ __________________________ __________ _____ _ _ _ ______________
___________ ______________ _______________ _ _ _ _ ______
____ __________________________ __________ _____ _ _ _ ______________

Institucional

Sobre a FCAP

Construir uma Faculdade é muito mais que erguer edifícios, equipar salas, montar bibliotecas, contratar profissionais, recrutar alunos e conceder diplomas. É criar em seus integrantes um espírito que se corporifique no desejo de estimular competências, absorver, transformar, gerar, difundir e aplicar conhecimentos e na busca contínua da melhoria, atendendo de forma eficiente às necessidades da comunidade na qual se insere. Espírito que envolva a todos e que esteve presente desde os primórdios da FCAP, idealizada e construída pelo Professor Clélio Lemos, que foi capaz de transformar sonho em realidade, conduzindo de forma firme e serena a entidade nos seus primeiros passos e legando à sua cultura a marca da obstinação.

A Faculdade de Ciências da Administração de Pernambuco teve sua origem na Escola de Administração Pública – EAP, criada pela Lei 2.622 de 30 de novembro de 1956, seguindo a tendência de profissionalização da gestão governamental no país. Seus cursos eram destinados a promover o aperfeiçoamento e a especialização em administração dos servidores estaduais, com duração de 3 anos.

Em 25 de novembro de 1965 foi publicada no Diário Oficial do Estado a Lei 5736, que autoriza a criação da Fundação do Ensino Superior de Pernambuco – FESP e altera a denominação da Escola de Administração Pública para Faculdade de Ciências da Administração de Pernambuco. Assim surgiu a FCAP.

Em 12 de junho de 1991, a Portaria Nº 964 do Ministério da Educação transforma a FESP em UPE, designada como órgão mantenedor das faculdades pertencentes ao Governo do Estado.

A primeira turma da FCAP colou grau em 1968, tendo iniciado o curso nas dependências da Universidade Católica e concluído num casarão então existente na confluência da Rua do Padre Inglês com a Avenida Conde da Boa Vista, atualmente um edifício comercial.

Possuir instalações próprias era a grande aspiração daqueles que integravam a FCAP e todos os esforços foram conjugados para a construção da atual sede, inaugurada em 06 de março de 1975.

Buscando manter-se atualizada e em sintonia com as novas demandas sociais no que diz respeito à gestão e administração, a Faculdade tem nos cursos ministrados o seu diferencial de qualidade, reconhecidos em todas as avaliações promovidas até esta data pelo Ministério da Educação com o Conceito “A”.

A FCAP tem sua atuação voltada para a formação superior do pessoal de administração, capacitado para o exercício de atividades de estudo e pesquisa, orientação técnica, direção de serviços e de ensino, visando promover o aperfeiçoamento, a especialização e a difusão do conhecimento de novas técnicas de racionalização dos serviços públicos e empresariais. Realiza estudos, levantamentos, pesquisas e análises do campo administrativo, educacional e empresarial para um maior conhecimento da realidade local, regional, nacional e mundial, procurando contribuir na busca de soluções criativas para os desafios do mundo globalizado.

 

ESTRUTURA FÍSICA

A Estrutura física da FCAP foi concebida em 03 (três) Blocos:

Bloco “A”

Coordenadoria de Graduação, Secretaria de Graduação, Departamento de Ciências Econômicas e Contábeis, Departamento de Ciências Sociais e Jurídicas, Departamento de Ciências Exatas e Auxiliares, Sala dos Professores de Graduação, Sala da Congregação, Salas de Aula, Coordenadoria da Escola do Recife, Núcleo de Apoio Pedagógico da Escola do Recife, Sala dos Professores da Escola do Recife, Centro de Estágio, Consultoria Junior, Diretório Acadêmico, Associação Atlética, Arquivo Passivo Geral, Divisão de Informática, Sala de Jogos, Sala de Artes da Escola do Recife, Reprografia, Almoxarifado, Marcenaria, Refeitório, Papelaria, Auditório Célio Lemos com capacidade para 433 pessoas.

 

Bloco “B”

Salas de Aula, Laboratório de Informática, Sala de Vídeo e Anfiteatro Inalda Lucena e a Cantina.

 

Bloco “C”

Diretorias, as Coordenadorias: Administrativa, de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação (com suas salas de aula), Biblioteca, Sala de Leitura da Escola do Recife, Grêmio Estudantil, Central Telefônica, Elevadores, Salas de aula, ADM & TEC, Espaço Empresarial, Associação brasileira de Recursos Humanos, Posto de Serviço do BANDEPE, Auditório João Coutinho com capacidade para 108 pessoas.

A FCAP dispõe, ainda, de um amplo estacionamento para seus funcionários e professores.

 

ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA FCAP

A estrutura organizacional da FCAP foi delineada de acordo com os objetivos e estratégias estabelecidas para alcance dos resultados. Contudo, a dinâmica organizacional é conduzida por um processo participativo, favorecendo ao seu desenvolvimento institucional através da qualidade dos serviços oferecidos à sociedade.

 

Congregação

Órgão colegiado consultivo, deliberativo e de assessoramento superior da Faculdade, ao qual compete:

  • Elaborar, aprovar seu regimento e submetê-lo à Aprovação do Conselho Universitário;
  • Organizar e supervisionar as Eleições do Diretor e Vice-Diretor, chefes e subchefes de departamento, na forma de regulamentos normativos vigentes e pertinentes;
  • Assessorar a Diretoria sobre questões que interessem à ordem administrativa, disciplinar e patrimonial da Faculdade;
  • Propor a concessão de títulos de professor “Honoris Causa” e de professor “Emérito”, mediante voto de dois terços de seus membros, ao Conselho Universitário, através do Reitor da Universidade;
  • Exercer, em grau de recurso, a instância máxima, no âmbito da Faculdade, em matéria administrativa e disciplinar;
  • Apreciar e aprovar, atualmente, o relatório de prestação de contas da Diretoria relativo ao exercício anterior;
  • Aprovar o Regimento da Faculdade e suas alterações, submetendo-se ao Conselho Universitário para homologação;
  • Exercer outras atribuições que lhe forem conferidas por este Regimento.

São membros da Congregação:

  • Diretor, presidente nato;
  • Vice-diretor, vice-presidente nato;
  • Chefes de departamento;
  • Professores titulares, em exercício;
  • 2 representantes das demais categorias docentes, em exercício;
  • Representantes estudantis de Graduação (não podendo ultrapassar a 1/5 do total dos membros natos da Congregação);
  • 1 representante estudantil de Pós-Graduação;
  • Representantes de servidores técnicos administrativos, (na proporção de 1/5 dos membros natos da Congregação).
 

Conselho Departamental

Órgão colegiado de administração superior da FCAP, consultivo e deliberativo nos assuntos acadêmicos e disciplinares, com as seguintes atribuições:

  • Elaborar e aprovar seu Regimento e submetê-lo a aprovação do Conselho Universitário;
  • Aprovar os planos atuais de trabalho dos departamentos e elaborar plano setorial e previsão orçamentária;
  • Aprovar as propostas dos departamentos atribuindo encargos de ensino, pesquisa e extensão aos docentes;
  • Aprovar os pedidos de créditos especiais para os departamentos da Faculdade, bem como os planos de cursos que, não tendo sido incluído em seu plano setorial, venham a ser necessários, observadas as normas estabelecidas pelos órgãos competentes;
  • Aprovar ou modificar ementas de disciplinas, pré e co-requisitos, conforme proposições dos departamentos;
  • Julgar os recursos interpostos da decisão do Diretor da Faculdade e dos departamentos;
  • Emitir pareceres sobre consultas e representações de ordem didática que lhes sejam atribuídas pelo Diretor,
  • Pronunciar-se sobre os pedidos de transferências de alunos, verificada a integralização do currículo, encaminhando-os a Diretoria da Faculdade;
  • Dar parecer sobre pedidos de afastamento de docentes para realização de estudos no país ou no exterior e encaminhá-los através do Diretor da Faculdade, a Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da UPE;
  • Promover, semestralmente, antes do início do período letivo, reavaliação dos cursos e seus planejamentos;
  • Designar seu representante junto ao Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade, com mandato anual;
  • Exercer as demais funções de suas competências específicas e outras que lhes sejam atribuídas por este Regimento;
  • Aplicar penalidade de perda de mandato das Diretorias, do Diretório Acadêmico e do Grêmio Estudantil da Escola do Recife;
  • Avaliar pedidos de matrícula intempestiva;
  • Obedecer as normas pertinentes aos critérios seletivos de transferência;
  • Avaliar pedidos de revisão de prova, indicando, se for o caso, banca examinadora para tanto;
  • Aprovar os Cursos de Pós-Graduação e submetê-los à homologação do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade;
  • Aprovar as remoções e transferências de professores de um para outro Departamento, ouvidos os Departamentos envolvidos, submetendo-as ao Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão da Universidade para decisão e posterior ato do Reitor;
  • Propor ao Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade a criação, fusão ou extinção de Departamentos;
  • Exercer outras atribuições correlatas.

São membros do Conselho Departamental:

  • Diretor, atuando como presidente;
  • Vice-diretor, atuando como vice-presidente nato;
  • Chefes de departamento;
  • Professores titulares, em exercício;
  • Coordenadores dos cursos Fundamental e Médio, Graduação e Pós-Graduação;
  • 1 (um) representante de cada categoria docente;
  • Representantes estudantis de graduação (não podendo ultrapassar a 1/5 do total dos membros natos do Conselho);
  • 1 (um) representante estudantil de Pós-Graduação.

 

Diretoria

Órgão executivo da Faculdade, sendo exercida por um Diretor eleito pela comunidade acadêmica da Faculdade (docentes, discentes e funcionários), através de voto direto, secreto e partidário para um mandato de 04 (quatro) anos, podendo ser reconduzido uma vez. Nas ausências e impedimentos, o cargo será exercido pelo vice-diretor.

 

Núcleo de Gestão Ambiental – NGA

Unidade informal criada em 1999, com o objetivo de inserir na formação acadêmica, dos gestores e empreendedores, as questões ambientais em suas tomadas de decisão.

 

MISSÂO:

Fomentar o desenvolvimento sustentável, a partir da adoção de modelos gerenciais ambientalmente responsáveis.

O NGA atua na perspectiva de inserir a discussão ambiental na formação de gestores e empreendedores. Entre suas diversas atividades podemos destacar:

  • coordenação do curso de Pós-Graduação em Planejamento e Gestão Ambiental, desde 2000;
  • participação em outros cursos de Pós-Graduação da FCAP;
  • trabalhos de consultoria referentes a temática ambiental;
  • coordenação do Programa de Coleta Seletiva de Resíduos Sólidos, desde agosto/2000;
  • construção e implementação da Agenda Ambiental da FCAP, desde 2004.
 
Divisão de Biblioteca

A oferta de serviços da Biblioteca Lêucio Lemos abrange, além dos descritos, o uso das salas de projeção e de informática para estudos e pesquisas necessários. Contempla ainda o empréstimo de livros automatizados, terminal de pesquisa para consulta de publicações e renovação de empréstimos por telefone.

Diariamente há exposição dos jornais de maior circulação no Brasil e semanalmente procede-se exposição de novas publicações e sumário de periódicos.

Mensalmente é enviado para os docentes e pesquisadores, súmula de publicações e artigos de revistas renovadas e novas assinaturas.

A atualização do acervo bibliográfico é feita em conformidade com os docentes, os quais são consultados para procederem indicações dos livros, periódicos, etc.

 

Atua, ainda, a biblioteca como espaço para estágio orientado, recebendo universitários de Biblioteconomia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e alunos do Ensino Médio oriundos da Escola do Recife (FCAP). A tabela abaixo ilustra a distribuição dos Recursos Humanos (empregados e estagiários) que desenvolvem atividades no citado setor.

 

 

Divisão de Informática

Diretamente subordinada a Direção, tem por finalidade exercer atividades de suporte ao Ensino e prestar assessoria na área especifica aos diversos segmentos da Faculdade. Compete, ainda, a Divisão de Informática o provimento de informações a Coordenadoria de Graduação sobre freqüência e notas, dentre outras, relacionadas aos discentes. Desenvolve e retroalimenta Banco de Dados referentes ao cadastro de docentes, discentes e graduados para inscrição no provão, bem como desenvolve ainda atividades de configuração e instalação de software, inclusive assistência aos equipamentos de informática existentes na Instituição.

 

 

ASSESSORIA

Órgão de apoio à Diretoria, objetivando a conexão das atividades meios e fins da Faculdade.

 

SECRETARIA

Órgão de atividade-meio a Direção da Faculdade.

 

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

Diretamente subordinada a Direção, tem por finalidade realizar todas as modalidades de licitação da FCAP.

 

 

COORDENAÇÃO ADMINISTRATIVA FINANCEIRA

Sua finalidade é promover as atividades – meio para assegurar a consecução das atividades-fim da Faculdade. É responsável pela execução financeira, controle de pessoal, manutenção do prédio, equipamentos e compra de materiais, dentre outras.

 

COORDENAÇÃO DE GRADUAÇÃO

Coordena o curso de Graduação em Administração da Faculdade, sendo responsável por registros e acompanhamentos da vida acadêmica do discente, além da Secretaria de Graduação e dos departamentos que têm por finalidade a organização administrativa, didático-científica e de distribuição de pessoal docente. Cada departamento é composto por um chefe e um subchefe eleitos para um mandato de 2 (dois) anos, com direito a reeleição. A Divisão de Apoio Técnico, também pertencente a esta Coordenação, oferece suporte estratégico ao ensino, à pesquisa e à extensão.

 

COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO

Tem por finalidade promover cursos de atualização e aperfeiçoamento, bem como prestar serviços de consultoria as entidades de Direito Público e Privado. È constituído ainda pelas Divisões de Extensão e Estágio.

 

Atividades de Extensão

  • A Coordenação de Extensão da FCAP elabora cursos voltados para a capacitação de profissionais e estudantes nas diversas áreas da administração, a fim de aprofundar os conhecimentos teóricos e práticos que lhe permitam analisar, com uma visão mais ampla, a complexidade de novos desafios organizacionais;
  • Tem como objetivos apoiar, incentivar, assessorar, planejar e realizar programas, projetos, cursos eventos, serviços e assessorias para atualizar, qualificar e capacitar as comunidades interna e externa; levantar e atender necessidades e demandas das deferentes áreas, promovendo aprimoramento do intercâmbio com a sociedade;
  •  A extensão universitária é um processo dinâmico educativo, cultural e científico que se articula com o ensino, promove a difusão e a socialização do conhecimento pela troca de saberes, oportunizado a práxis acadêmica. Busca a inovação, antecipa tendências e responde de forma rápida e criativa às necessidades da comunidade, propondo ações no sentido de uma visão integrada, viabilizando uma ralação transformadora com a sociedade;
  • O público externo também é oportunizado com cursos de diferentes modalidades, podendo estes serem de caráter fechado (empresas contratantes) ou aberto aos interessados;
  • Coordena cursos de curta duração em diversas áreas, tais como: Administração do Meio Ambiente, Administração Estratégica de Empresas, Administração Pública, Direito Administrativo, entre outros.
 

Divisão de Estágio

Existem duas modalidades de estágio a serem cumpridas pelo aluno:

a)      O Estágio Supervisionado I, disciplina obrigatória a ser realizada a partir do 5ª período, tem como objetivo preparar o discente para a sua prática profissional. Nesta etapa o aluno é orientado quanto às legislações federais específicas, bem como vivencia teorias e técnicas pedagógicas pertinentes ao curso e a profissão futura;

b)      O estágio Supervisionado II, ofertado a partir do 6º período, deverá ser cumprido em um prazo mínimo de 6 meses, perfazendo carga horária de 480 horas, podendo ser ampliado por um período máximo de 02 anos, oportunizando assim aos discentes uma prática orientada nos diversos segmentos das empresas.

Como pré-requisito é exigido dos discentes o cumprimento de 50% dos créditos do curso, além de estar ou ter cursado a disciplina da área de realização do estágio. Pode ser realizado interna ou externamente à Instituição;

c)      A equivalência do estágio supervisionado dar-se-á a partir da experiência profissional comprovada que sugere, em duração e conteúdo, os resultados esperados da prática do estágio supervisionado, de acordo com a Resolução FCAP nº 03, de 06 de julho de 1990 e respaldada pelo Parecer nº 500/81 do Conselho Federal de Educação.

 

O Estágio Supervisionado deverá ser realizado em uma das seguintes áreas da Administração: Financeira, Marketing, Material, Produção, Recursos Humanos, Organização, Sistemas e Métodos, Vendas, Mercadológica e Gestão Ambiental.

 

Funções da Divisão de Estágio.

·         Pré-seleção de estagiários para empresas solicitantes;

·         Orientação e supervisão de todos os estagiários;

·         Atendimento aos alunos;

·         Orientação do plano de estágio;

·         Intercâmbio com as empresas da região;

·         Intercâmbio com as entidades intervenientes;

·         Intercâmbio com as unidades administrativas e coordenadorias da FCAP;

·         Palestra e seminários sobre o processo de estagiários de diversas empresas;

·         Participação no programa de trainee de várias empresas.

O estágio, sem vínculo empregatício, representa uma oportunidade para o treinamento e capacitação profissional do aluno. As atividades de estágio são voltadas para a complementação do ensino e da aprendizagem, para os estudantes do 2º grau técnico, profissionalizante e de nível superior, conforme a Lei nº 6494/77 regulamentada pelo Decreto nº 87497/82.

 

 

Relação das Principais Empresas Participantes

  • Alcoa Alumínio S/A;
  • American Chember of Commerce for Brazil;
  • Banco ABN AMRO bank;
  • Banco Citibank S/A;
  • Banco do Brasil S/A;
  • Banco do Estado de Pernambuco S/A;
  • Banco Real S/A;
  • BCP Telecomunicações;
  • Bompreço Wall Mart;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Central Fomento Comercial Ltda;
  • Companhia Cerv. Brhama – Filial Nordeste;
  • Cia. Hidrelétrica do São Francisco – CHESF;
  • Companhia Energética de Pernambuco – CELPE;
  • Condomínio Shoping Tacaruna;
  • Delegacia da Receita Federal em Recife, Pernambuco;
  • Deloitte & JCR Consultores Ltda;
  • Editora Jornal do Comércio S/A;
  • Elevadores Atlas Schindler Ltda;
  • Escritório Unidos Ltda;
  • Faculdade de Ciências da Administração de PE (FCAP – UPE);
  • Fiori Veículo Ltda;
  • Fundação Gilberto Freyre;
  • Imobiliária Nordeste Ltda;
  • Instituto de Administração de Tecnologia – ADM&TEC;
  • JL Material Cirúrgico Ltda;
  • N. Landim Comércio Ltda;
  • Nacional Gás Butano Distribuidora Ltda;
  • Nestlé Brasil Ltda;
  • Philips Eletrônica do Nordeste S.A;
  • Phonix do Brasil Ltda;
  • Sebrae / PE;
  • TELEMAR – Telecomunicações de PE S/A;
  • Tribunal Regional Federal da 5ª Região

 

Núcleo de Terceiro Setor – NTS

O Núcleo de Terceiro Setor, criado em novembro de 2003, é um órgão vinculado a Coordenadoria de Extensão, da FCAP.

 

VISÃO:

Ser um referencial para outros núcleos acadêmicos, instituições e empresas no que diz respeito a estudos, pesquisas, seminários, cursos, trabalhos e consultorias voltados para o terceiro setor e a responsabilidade social.

 

MISSÃO:

Incentivar, orientar e desenvolver processos e ações por meio da profissionalização da gestão de instituições sem fins lucrativos, visando contribuir para a melhoria dos profissionais deste segmento e facilitar o surgimento de parcerias com empresas públicas, privadas e órgãos de cooperações internacionais e o reconhecimento da sociedade em geral. O NTS não abre mão dos seguintes princípios e valores:

a)      Convicção da necessidade de:

·         Ajudar indivíduos e comunidades carentes;

·         Facilitar a integração entre empresas públicas, privadas, instituições sem fins lucrativos, agências de cooperação internacional e a sociedade em geral, contribuindo assim para o surgimento de um mundo mais justo;

·         Agir no presente com visão de futuro.

b)      Convicção da obrigatoriedade de:

·         Garantir a credibilidade junto aos seus colaboradores, parceiros e a sociedade, desenvolvendo relacionamentos caracterizados pela transparência, simplicidade, colaboração e clareza;

·         Trabalhar sempre em equipe, com criatividade e competência;

·         Utilizar a conduta ética em todas as suas atividades.

 

Áreas de Atuação

 

a) Ensino:

·         Promover cursos e seminários no programa de extensão voltados para a Gestão de Instituições sem fins lucrativos;

·         Viabilizar intercâmbios nacionais e internacionais para a melhoria da capacitação de professores, profissionais e estudiosos do Terceiro Setor;

·         Disponibilizar livros e periódicos sobre o Terceiro Setor na Biblioteca da FCAP.

 

b) Pesquisa:

Efetuar e colaborar em pesquisas sobre o Terceiro Setor, contribuindo com a divulgação

deste segmento.

 

c) Consultoria:

Realizar projetos de consultoria para Organizações do Terceiro Setor;

Auxiliar na elaboração de projetos sociais para os setores público e privado, colaborando

para o crescimento da responsabilidade social no país;

Implantar e / ou auxiliar na implantação do Balanço Social (modelo Ibase) e dos

Indicadores Sociais (modelo Ethos), bem como da AS 8000 nas empresas públicas e

privadas;

Disponibilizar para Organizações do Terceiro Setor Consultorias nas áreas administrativa,

financeira, organizacional, recursos humanos, comunicação e marketing, elaboração de

projetos e mobilização de recursos, contribuindo assim para o fortalecimento institucional

e continuidade dessas organizações.

 

d) Treinamento:

·         Desenvolver programas de capacitação e treinamento de gestores e colaboradores de Organizações do Terceiro Setor;

·         Promover palestras, seminários e workshops, sobre o Terceiro Setor e Responsabilidade Social Empresarial, contribuindo para a divulgação mais extensa destes temas com o intuito de estimular o debate entre todos os segmentos da sociedade, mostrando a grande importância que eles tem para a construção de uma base social mais justa e solidária.

 

e) Cursos oferecidos:

Gestão Institucional de Organizações do Terceiro Setor; Gestão de Projetos Sociais;

Contabilidade para o Terceiro Setor; Legislação Aplicada ao Terceiro Setor.

 

f) Seminários:

Os seminários disponibilizados pelo NTS / FCAP, são formalizados tomando-se como base os módulos oferecidos nos cursos “Gestão de Organizações do Terceiro Setor” e “Gestão de Projetos Sociais”, como também outros assuntos que sejam de interesse do segmento social. Cada seminário terá sua realização condicionada à participação mínima de 20 inscritos. Também poderão ser ministrados in company.

 

COORDENAÇÃO DE PESQUISA

Sua finalidade é incentivar a pesquisa científica, no âmbito da Faculdade, a fim de obter produção e formar pesquisadores, que possuam intervir nas empresas e na sociedade.

 

 

Atividades de Pesquisa

A pesquisa consiste no estudo e na investigação minuciosa e sistemática de um campo qualquer do conhecimento, com o fim de descobrir ou estabelecer fatos, princípios ou teorias. Tem por finalidade fazer da FCAP um centro de excelência em pesquisa científica e mercadológica na área de administração.

Dentro deste propósito, destaca-se a necessidade de ações e instrumentos que estimulem, desenvolvam, coordenem, orientem, apóiem e viabilizem projetos de pesquisa, buscando recursos materiais e profissionais que venham consolidar os diferentes programas de formação de pesquisadores de modo a integrar teoria e prática aos três pilares da Universidade – Ensino, Pesquisa e Extensão, favorecendo intercâmbios técnico-científicos e a necessária complementação do processo de ensino e aprendizagem dos alunos da FCAP.

 

 

Atividades Desenvolvidas:

·         Programa de Iniciação Científica;

·         Revista do Programa de Iniciação Científica;

·         Revista de Ciências da Administração;

·         Curso de Metodologia de Iniciação Científica;

·         Seminário de Iniciação Científica da FCAP;

·         Pesquisa Periódica sobre o Perfil Sócio-Econômico-Cultural do aluno de graduação da FCAP;

·          Avaliação Institucional Permanente;

·         Núcleo de Gestão da Informação;

·         Núcleo de Pesquisa em Economia do Setor Público;

·         Participação no Programa de Iniciação: PIBIC / FACEPE / FDPE.

 

O Projeto Educatividade é direcionado para os alunos fcapianos ampliando o escopo de ensino dentro de uma visão holística preocupada com a efetividade do profissional formado e agregador de valor para a sociedade. Dessa forma, aumenta as oportunidades de real aproveitamento de cada aluno no mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que acompanha o desenvolvimento dos estudantes através da identificação dos “caps” comportamentais entre o perfil do aluno e o perfil da carreira escolhida.

Dispõe o projeto de ferramenta auxiliar na identificação da performance do aluno com definição de caracteres pessoais, formações e funções a serem desenvolvidas, ou seja, desperta o aluno para o seu verdadeiro talento e aptidão.

Através do Setor de Estágio, disponibiliza a ferramenta (DISC) aos alunos, para fornecer orientações individualizadas como auxiliar no direcionamento de suas carreiras.

 

COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO

Orienta, supervisiona e assegura a realização de cursos e programas de Pós-Graduação, visando capacitar docentes para o magistério superior e profissionais para o mercado de trabalho.

 

 

Cursos e Atividades mantidos pela FCAP

Todas as atividades da FCAP (ensino, pesquisa, extensão e técnico-administrativas) estão voltadas para a geração e disseminação do conhecimento, seu objetivo maior.

 

 

Mestrado Profissional

O curso de Mestrado Profissional em Gestão do Desenvolvimento Local Sustentável, tem por objetivo promover a capacitação de profissionais de diversas áreas para a implantação e gerenciamento de projetos, para a formulação de políticas referentes ao Desenvolvimento Local Sustentável e para a reflexão crítica sobre práticas e políticas sociais.

O Mestre em Gestão do desenvolvimento Local Sustentável é habilitado para o exercício de funções executivas e de consultoria, tanto na administração pública, como na privada e no terceiro setor, em atividades relacionadas à gestão do desenvolvimento local sustentável.

O Mestrado possui duas linhas de pesquisa:

a) Formação de Pessoas para Desenvolvimento Local Sustentável;

 

b) Políticas Públicas para o Desenvolvimento Local Sustentável.

Receba notícias da FCAP

Digite seu melhor email
OK